quarta-feira, 26 de abril de 2017

Programa Futebol pela Amizade da Gazprom: devoção a valores humanos essenciais já uniu milhares de pessoas ao redor do mundo



Fonte: prnewswire.com
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva.
Imagens: Google.com.br (Arquivo ASES)
Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)


NEWS PROVIDED BY 
Global Press Centre of the Gazprom FOOTBALL FOR FRIENDSHIP programme





Os eventos para promover a paz, a amizade, a igualdade e um estilo de vida saudável, dedicados ao Dia Mundial do Futebol e da Amizade, iniciaram-se hoje na Europa, Ásia, África, América do Norte e América do Sul. Dezenas de milhares de crianças e adultos estão participando de jogos amistosos, treinamentos abertos, flash mobs, maratonas e eventos esportivos. Os participantes em todo o mundo têm o apoio de jogadores, treinadores, apresentadores de TV e artistas famosos. 



O Dia Mundial do Futebol e da Amizade foi inicialmente proclamado em 2014 pelos jovens embaixadores do programa social internacional infantil FUTEBOL PELA AMIZADE, apoiado pela FIFA e pela UEFA. Durante este dia, todas as pessoas que acreditam nos valores mais importantes, como a igualdade, o respeito por outras culturas e a existência pacífica, usam uma pulseira da amizade nas cores azul e verde. A faixa azul da pulseira simboliza o céu pacífico, e a verde simboliza o campo de futebol, acessível a todos. 

mma.prnewswire.com/media/494050/Football_for_Friendship.jpg



Neste ano, a pulseira da amizade começou a ser usada por Hugo Tinelli, o principal produtor de TV da Argentina; por Xu Li, editor-chefe de uma agência de notícias na China; por Dimos Piros, atleta grego três vezes campeão olímpico; por Miodrag Bozhevich, famoso treinador sérvio; e por Kevin Bloom, árbitro holandês da FIFA. 

Os eventos tiveram a presença de jogadores de futebol famosos, como o zagueiro sérvio Branislav Ivanovich e o goleiro russo Yuri Lodygin (ambos do Zenit de São Petersburgo, Rússia), e o atacante holandês Dirk Kuyt (do Feyenoord de Roterdã, Holanda). Em Atenas, o evento contou com a participação de Theodoras Zagarakis, jogador integrante da seleção vencedora da Euro 2004 e membro do Parlamento da Grécia. 

Foto: http://mma.prnewswire.com/media/494050/Football_for_Friendship.jpg 


"É importante o fato de que este dia chega em um momento em que pessoas em todo o mundo precisam confirmar seu compromisso com o princípio de igualdade e respeito mútuos. O FUTEBOL PELA AMIZADE dá essa oportunidade e, por meio da geração mais jovem, ensina às pessoas o compromisso com a paz e a amizade, independentemente do sexo, da idade e das capacidades físicas. É sensacional ser escolhido como operador nacional do FUTEBOL PELA AMIZADE 2017 no Paquistão, e espero que no futuro também possamos levar essa plataforma ao nosso país e convidar crianças de todo o mundo para visitarem o Paquistão", emocionou-se Fahad Khan, da Federação Paquistanesa de Futebol. 



FONTE Global Press Centre of the Gazprom FOOTBALL FOR FRIENDSHIP programme
SOURCE Global Press Centre of the Gazprom FOOTBALL FOR FRIENDSHIP programme 

l




terça-feira, 25 de abril de 2017

Nuzman terá cargo na organização dos Jogos de Tóquio 2020, revela site



Fonte: Super Esportes
Informação: Gazeta Press)
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Imagens: Google.com.br (Arquivo ASES) / Reprodução
Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)


Carlos Arthur Nuzman pode integrar comitê organizador dos Jogos em Tóquio

JOGOS OLÍMPICOS


Na segunda-feira, o site Insidethegames afirmou que Carlos Arthur Nuzman, atual presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e que atuou como chefe do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de 2016, foi convidado para integrar o Comitê de Coordenação de Tóquio 2020. 

De acordo com o site, o convite foi feito pelo próprio presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, em carta enviada nesta segunda, e o brasileiro já teria aceitado o cargo. 

Presidente do COB pode integrar
comitê de Tóquio'2020. Ueslei Marcelino
A intenção é que Nuzman contribua com a organização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020, após toda a experiência adquirida com a realização dos eventos no Rio de Janeiro no último ano. 

Além de Carlos Arthur, quem também fará parte do Comitê de Coordenação de Tóquio 2020 é Sebastian Coe, que chefiou o Comitê Organizador de Londres 2012 e é o atual presidente da Iaaf (Associação Internacional de Federações de Atletismo). 

Nesta quarta-feira, Nuzman disputa a presidência da Odepa, a Organização Esportiva Panamericana, com outros dois candidatos: o chileno Iván Ilic e o dominicano José Joaquín Puello. 

Em comunicado oficial do COI ao Insidethegames, a entidade afirmou que a indicação de Nuzman ao Comitê de Coordenação de Tóquio 2020 não terá relação com a eleição ou não do brasileiro à presidência da Odepa. 







terça-feira, 18 de abril de 2017

Mais longe do cinturão, Jacaré para por no mínimo 30 dias depois de nocaute

Texto: Vicente Ribeiro
Fonte: Superesportes 
Imagens: Reprodução / Google.com.br e Arquivo ASES
Edição e arte: Jorge Luiz da Silva.
Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)
Jacaré é golpeado por Whittaker: derrota distancia brasileiro do title shot
e o tira de ação por 30 dias. 
Getty Images



UFC

 Derrotado no UFC Kansas, brasileiro leva suspensão médica de um mês

Depois de ser nocauteado por Robert Whittaker no UFC Kansas, no sábado passado, e se distanciar de uma futura disputa de cinturão peso médio, Ronaldo Jacaré ficará fora de ação por no mínimo 30 dias. Esse é o tempo da suspensão médica determinada para o brasileiro e divulgada nesta segunda-feira pelo Departamento de Registro Profissional de Atletas do Missouri, que regulamentou o evento.

Batido por nocaute técnico no segundo round, Jacaré teve interrompida sequência de duas vitórias seguidas. Na espera de uma chance para disputar o título, o capixaba aceitou enfrentar o australiano em Kansas, mas a derrota custou a chance de title shot em um curto espaço de tempo na divisão dos médios.

Robert Whittaker (luvas azuis) venceu Ronaldo Jacaré por nocaute técnico no segundo round. Getty Images

Além de Ronaldo Jacaré, Patrick Williams e Nate Coy também receberam suspensão médica de 30 dias e, dentro desse prazo, não poderão ter qualquer tipo de contato físico. Quem terá que se ausentar por mais tempo é Andrew Sanchez, que ficará parado por cerca de três meses (90 dias).

Os demais brasileiros que lutaram em Kansas City receberam suspensão médica mínima, que é de sete dias: o mineiro Wilson Reis, finalizado por Demetrious Johnson no evento principal da noite, valendo o cinturão dos moscas; Renato Moicano, que bateu Jeremy Stephens por decisão dividida; Augusto Tanquinho, derrotado por pontos por Aljamain Sterling; e Ketlen Vieira, que venceu Ashlee Evans-Smith por decisão unânime.


  

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Agência Mundial autoriza entidade brasileira a fiscalizar casos de doping no país



Fonte: Super Esportes
Informação: Gazeta Press
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Imagens: Google.com.br (Arquivo ASES)
Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)



Entre as regras está a criação de um novo Tribunal Disciplinar brasileiro. Adrian Dennis/AFP
Agência Mundial Antidoping reconheceu entidade brasileira em suas normas

DOPING

A Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), recebeu nesta quarta-feira, por meio da Agência Mundial Antidoping (Wada) o aval para que a mesma possa trabalhar no controle do doping brasileiro, já que as condições adequadas para fiscalização e realização dos testes antidoping foram finalmente atingidas.

Entre as regras que estão de acordo com Código Mundial da Wada, está a criação de um novo Tribunal Disciplinar brasileiro, causando assim a exclusão da ABCD da lista que incluíam os órgãos que estavam fora da conformidade pedida para receber a chancela da entidade máxima do doping mundial.

A Wada ainda informa que, com a inclusão do Brasil em suas normas, continuará seu trabalho com a última entidade remanescente que está fora das obrigações, a Agência Antidoping Russa, para resolver as questões pendentes o quanto antes.







  


segunda-feira, 10 de abril de 2017

Thiago Pitbull retorna aos meio-médios com vitória e aposenta Patrick Côté



Texto: Vicente Ribeiro
Fonte: Super Esportes
Fotos:  Getty Images
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Imagens: Google.com.br (Arquivo ASES)
Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)


Cearense conquista segunda vitória brasileira no UFC 210 e se recupera




UFC 210

Segundo brasileiro a pisar no octógono do UFC 210, neste sábado, no KeyBank Center, em Buffalo, Thiago Pitbull seguiu o exemplo de Charles do Bronx Oliveira e também conquistou uma vitória reabilitadora. O cearense derrotou Patrick Côté por decisão unânime – triplo 30 a 27 –, se recuperou no retorno à divisão dos meio-médios e ainda ‘aposentou’ o canadense, que anunciou o fim da carreira profissional após a luta. 


  

Thiago Pitbull vinha de uma tentativa fracassada de descer para os leves (até 70kg), culminando com derrota para Jim Miller, por pontos. Antes, o brasileiro perdera para Carlos Condit (nocaute técnico por interrupção médica), em Goiânia. Pressionado a buscar a recuperação, o cearense mostrou personalidade e dominou o combate diante de Patrick Côté, que já foi desafiante de Anderson Silva no peso médio – foi nocauteado pelo Spider no UFC 90, em 2008.


Thiago Pitbull tem o braço erguido após vitória em Buffalo: reação no retorno aos meio-médios do UFC. Getty Images



Pitbull e Côté protagonizaram um duelo muito movimentado, com troca de golpes em pé e os fãs empolgados no KeyBank Center. O brasileiro foi melhor nos três rounds, acertou bons golpes e ainda conseguiu knockdowns. O canadense pressionou no terceiro assalto, mas Thiago Alves, com tranquilidade, manteve o domínio e garantiu o triunfo. 

“É muito bom estar de volta. Foi um longo tempo desde que venci pela última vez. Na minha tentativa de descer de divisão, perdi em torno de 7kg, mas voltar aos meio-médios é muito bom”, declarou Thiago Pitbull, de 33 anos, lutador da academia American Top Team, na Flórida. 

Do outro lado, Patrick Côté se despediu dos fãs, aos 37 anos. Além de ter disputado o cinturão contra Anderson Silva, o canadense foi vice-campeão do The Ultimate Fighter 4 no peso médio. Ele perdeu para Travis Lutter, por finalização com chave de braço, na final do programa, em 2006. “Eu já tinha decidido que seria minha última luta, independentemente do resultado. Foram 15 anos incríveis. Agradeço a todos e a toda organização”, disse o veterano. 


l



sábado, 1 de abril de 2017

Bisping revela planos de GSP: títulos em três divisões e lutas com McGregor

Texto: Vicente Ribeiro
Fonte: Superesportes
Imagens: Reprodução / Google.com.br e Arquivo ASES
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)
Bisping e GSP se encontraram em coletiva do UFC: inglês promete estragar os planos do canadense. Getty Images.



UFC

Irritado com um possível pedido de Georges St-Pierre
para adiar por alguns meses a luta pelo cinturão peso médio, ainda sem data e local marcados, Michael Bisping voltou a polemizar com o canadense.

O inglês, campeão da divisão até 84kg, revelou que GSP tem planos ambiciosos, que incluem três títulos em categorias diferentes – meio-médios e leves - e confrontos com o irlandês Conor McGregor, que significarão muito dinheiro.

Bisping disse que o canadense planeja se estabelecer como o maior lutador de todos os tempos da organização. Daí vêm os planos ambiciosos para o retorno ao octógono. “Acho que ele luta comigo e me vencer. Ao mesmo tempo, Demian Maia vence Jorge Masvidal e luta com Tyron Woodley. GSP acredita que Demian vence.

Então, ele abandona o cinturão dos médios e luta com o Demian. É uma luta boa porque o brasileiro tem um estilo próximo ao dele, que é um wrestler e tem ótimo jiu-jitsu”, explicou.
Inglês diz que canadense mira cinturões e duelos por dinheiro com irlandês



Assim, ele desce para os leves e luta pelo cinturão dos 70kg com o Conor McGregor. Esse é o principal plano. E, se realmente conseguir, definitivamente será o melhor lutador de MMA de todos os tempos. E ainda acho que, depois disso tudo, ele faz uma luta gigantesca por dinheiro com o McGregor, dessa vez nos meio-médios (até 77kg). Isso seria maior que contra Mayweather e com números mais expressivos que contra Nate Diaz”, acrescentou o inglês em entrevista ao SiriusXM Radio Show.

Bisping, bem ao seu estilo falastrão, admite que a luta entre McGregor e GSP seria muito bem-vinda para qualquer organização. Mas ele prometeu estragar os planos do canadense. “Você tem que olhar os dólares. Mesmo que eu tivesse a oportunidade de dar uma surra nesse irlandês bobo, vamos ser honestos, essa luta nunca aconteceria, pois eu sou muito grande. Mas, para o GSP, pode acontecer. Se eu tiver uma empresa, iria querer isso. Mas vou jogar um balde de água fria nos planos deles. Vou apagar essa fogueira”, declarou.


               



sexta-feira, 31 de março de 2017

Clubes ingleses cobram medidas do governo para evitar prejuízos com o Brexit


Fonte: Futebol Interior 
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Imagens: Google.com.br (Arquivo ASES)
Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)


 Os donos do Stoke City e do West Ham saíram do encontro de executivos dos 20 clubes que integram a principal liga da Inglaterra


CAMPEONATO INGLÊS

Diante da oficialização do Brexit (a saída da Inglaterra da União Europeia), proprietários de clubes da primeira divisão do futebol inglês pediram ao governo do país, em reunião realizada nesta quinta-feira, em Londres, que adote medidas para proteger as negociações envolvendo atletas de origem estrangeira.

Os donos do Stoke City e do West Ham saíram do encontro de executivos dos 20 clubes que integram a principal liga da Inglaterra cobrando isenções de imigração para preservar o fluxo dos melhores jogadores europeus.



 Os donos do Stoke City e do West Ham saíram do encontro de executivos dos 20 clubes que integram a principal liga da Inglaterra



"Esperamos que eles sejam incluídos (em isenções), mas temos de esperar e ver. Na Europa, podemos obter livre circulação e isso vai mudar, ou pode mudar, eu não sei. Não sabemos", disse Peter Coates, proprietário do Stoke City.






O vice-presidente do West Ham, David Gold, disse que o Brexit já está causando impacto nas negociações dos clubes devido às alterações na cotação da libra, a moeda corrente no Reino Unido. Ele prega a manutenção das regras para as negociações de jogadores estrangeiros.





"A Premier League (que organiza o Campeonato Inglês) é a maior liga que o mundo já conheceu. É um anúncio fantástico para a Inglaterra. Eu sei que as pessoas falam sobre a riqueza que está lá, mas esses caras têm salários enormes e todo o imposto está entrando na tesouraria. Por que você sufocaria isso? Por que você quer que isso mude?", questionou o dirigente do time londrino.


O presidente executivo da Premier League, Richard Scudamore, que aprovou a campanha para que o Reino Unido permanecesse na UE, disse que não faria comentários sobre o impacto da Brexit ao deixar a reunião.

A Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês) destacou que uma vantagem potencial do Brexit seria dar mais oportunidades para os jogadores ingleses em equipes de ponta do país e o surgimento de um maior número de novos talentos para a seleção nacional.













quinta-feira, 30 de março de 2017

Thiago Pereira anuncia aposentadoria da natação aos 31 anos



Fonte: Super Esportes (Gazeta Press)
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Imagens: Google.com.br (Arquivo ASES)
Serrinha, BA (da redação itinerante do Esporte Comunitário)

Emocionado, Thiago Pereira se despede durante a cerimônia do COB e anuncia fim da carreira. Satiro Sodre/SSPress/CBDA



NATAÇÃO 

Um dos maiores nomes do esporte e da natação brasileira anunciou aposentadoria. Durante a realização do Prêmio Brasil Olímpico, o nadador Thiago Pereira, aos 31 anos, cravou que não voltará a competir. 

Estou me despedindo das piscinas, deixo hoje (quarta-feira) as competições, mas eu nunca deixo a natação, que será a minha vida para sempre. A natação me tornou a pessoa que eu sou. Deixo de competir, de ter o orgulho de representar o verde e amarelo por 20 anos”, disse Thiago, emocionando. 




Nadador, prata nos Jogos de Londres, se despede na festa do COB.



O agora ex-nadador fez questão de fazer um agradecimento especial ao Minas Tênis Clube, clube pelo qual foi à sua primeira Olimpíada, em Atenas'2004, e à última, no Rio'2016. Ele ainda esteve em Pequim'2008 e Londres'2012, edição em que conquistou a prata nos 400m medley.

Em sua carreira, Thiago alcançou marcas expressivas. O atleta é o maior maior medalhista pan-americano de todos os tempos, tendo conquistado 23 medalhas no total, sendo 15 de ouro, quatro de prata e quatro de bronze. Além disso, é o maior medalhista brasileiro em competições internacionais.

Havia a expectativa de Thiago disputar Tóquio'2020, mas não teve seu contrato renovado com o Minas Tênis Clube e recusou algumas propostas de outros clubes. Agora, o medalhista se dedicará a projetos pessoais.




"Fiquei pensando no que eu ia falar em um dia tão especial como hoje. Abri mão de muitas coisas, de sonhos. O esporte é uma carreira dura e difícil, mas me sinto completamente realizado, pois sei que o que fiz foi o meu melhor”, completou. 

Thiago ainda conquistou medalhas importantes defendendo o Brasil. Em Mundiais, por exemplo, os triunfos também são extensos. Nas piscinas curtas, foi ouro nos 200m medley em Indianopolis 2004. Na mesma competição, mais uma prata nos 4×100m livres e dois bronzes, um nos 100m medley e outro nos 4×200m livre. 

Já nos Mundiais de piscina longa, aos 29 anos, em Kazan 2015, o brasileiro foi medalhista de prata nos 200m medley. Já dois anos antes, em Barcelona, Thiago levou o bronze nos 200 e 400m medley. 



l